Pais criticam beijo gay em série infantil Jurassic World na Netflix


Para os pais cristãos e conservadores em geral, os conteúdos infantis deixaram de ser algo no qual era possível ficar despreocupado em relação aos temas envolvidos. A série da Netflix Jurassic World: Acampamento Jurássico, por exemplo, é mais uma prova dessa lamentável realidade.

Isso, porque, a série traz em um dos seus capítulos uma cena de beijo gay entre duas meninas. Mais do que isso, trata-se de algo que retrata um romance entre as adolescentes, o qual é festejado pelos demais personagens da programação.

Pelas redes sociais, diversos internautas manifestaram indignação com o conteúdo, devido ao fato do mesmo, inicialmente, não aparentar trazer qualquer abordagem de conotação sexual. Até mesmo uma queixa na plataforma Reclame Aqui foi registrada.

“Minhas crianças não iriam ver. Mas o susto foi o grande. Fui obrigado a parar de assistir o que foi horrível por que queria muito assistir os episódios novos. Mas já exclui o aplicativo do celular. Agora vou cancelar a assinatura [sic]”, descreveu um reclamante em sua queixa.

Nas redes sociais, vários internautas compartilharam o trecho da cena onde duas meninas entram em um clímax amoroso, terminando em um beijo. Na sequência, os demais personagens aparecem, comemorando o romance.

Estrelado pelos atores Paul-Mikél Williams, Jenna Ortega e Sean Giambrone, a série Jurassic World da Netflix realmente não aparenta fazer qualquer abordagem de viés LGBT em suas propagandas.

Na sinopse, por exemplo, está dito que a série é sobre “seis jovens” que “participam de um acampamento de última geração na Ilha Nublar. Mas a aventura se torna uma luta pela sobrevivência quando os dinossauros escapam.”

Em outro trecho do seu anúncio, a Netflix diz ainda que a “série animada traz vozes jovens que proporcionam ação para toda a família.” O material possui até o momento cinco temporadas.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.