“A Bíblia e a Ciência estão falando a mesma coisa”, diz cientista


A discussão sobre a relação entre fé e ciência é um tema antigo, mas que vem ganhando cada vez maior relevância na atualidade, tendo em vista o avanço do conhecimento em áreas como a medicina biomolecular e a astronomia. Para os cientistas Marcos Eberlin e Adauto Lourenço, por exemplo, não há dúvida de que a Bíblia tem sido diariamente confirmada.

Os dois cientistas estiveram no “Programa Vejam Só!” da Rit TV, onde falaram sobre a veracidade dos relatos da criação no livro de Gêneses. “A nossa fé é totalmente racional”, disse o Dr. Eberlin, coordenador do Discovery-Mackenzie — Núcleo de Pesquisa em Ciência, Fé e Sociedade.

O pesquisador explicou que apesar de não ser um livro científico convencional, a Bíblia possui um conteúdo que já atravessou a barreira do tempo, sendo mais atual do que qualquer outro, visto que relata coisas que a ciência vem descobrindo só agora.

“A Ciência nasceu tendo Deus como seu autor e os achados científicos estão confirmando a existência desse Criador. James Webb está aí para revelar isso”, dosse Eberlin, se referindo ao novo telescópio da NASA, que na semana passada revelou as suas primeira fotos do espaço, com detalhes incríveis.

Sobre o relato da criação no Gêneses, o mestre em física nuclear, Adauto Lourenço, citou um trecho onde diz que “o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas”, explicando que “isso quer dizer que logo no início do Universo já havia moléculas de água.”

“Em 2012, usando nossos telescópios, descobrimos que há 12,5 bilhões de anos-luz de distância da Terra, havia moléculas de água numa quantidade absurda”, disse Adauto.

Para o cientista, “isso mostra que a Bíblia e a Ciência estão falando a mesma coisa. O livro de Gênesis é espetacular por causa disso… os achados estão se acumulando e os naturalistas estão ficando surpresos”. Assista:

Assine o Canal





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.