Incêndio destrói igreja histórica em SP: ‘Sobrou só o altar’


Um incêndio que tomou conta de um prédio de dez andares na Rua Comendador Abdo Schahin, 80, no Centro de São Paulo, também acabou destruindo a Paróquia Ortodoxa Antioquina da Anunciação a Nossa Senhora, fundada em 1904 e, portanto, sendo a primeira igreja católica ortodoxa do Brasil.

Segundo o pároco Paisios Dias, “sobrou só o altar” da igreja, enquanto 80% do templo foi completamente destruído pelas chamas. Símbolo material da migração libanesa para o Brasil durante o século XX, o fogo levou consigo um patrimônio histórico de altíssimo valor.

“A igreja está totalmente danificada. Ela foi totalmente queimada. Perda quase total. O teto desabou, e o forro caiu com o fogo. Conseguimos salvar e retirar alguns ícones religiosos, mas além do valor material, o que se perde é o valor histórico”, disse disse Paisios.

“Ela é a primeira igreja ortodoxa do Brasil”, destacou. “80% dela ficou destruída. Sobrou o altar. A pia batismal foi destruída por uma parede que caiu sobre ela e destruiu os bancos também.”

Horas de incêndio

O alcance do incêndio que tomou conta do prédio de dez andares foi de grande proporção e se alastrou para outros edifícios. Os bombeiros precisaram de mais de 33 horas de trabalho para controlar e apagar as chamas. A origem do incidente, porém, ainda é investigada.

Ao o portal G1, o padre Dimitrius Attarian, secretário do bispo da Igreja Católica Apostólica Ortodoxa de Antioquia no Brasil, lembrou que a destruição causada pelo fogo afeta diretamente a memória dos libaneses no país, uma vez que a igreja está diretamente entrelaçada ao desenvolvimento e conquistas libanesas em solo brasileiro.

“A igreja tem um valor histórico de memória da comunidade sírio-libanesa porque toda comunidade nasce ali na igreja. Os primeiros casamentos, batizados, festas… Naquele salão da igreja nasceu o hospital Sírio-Libanês, o Clube Monte Líbano… nasceram em reuniões da comunidade naquele lugar”, lamentou o padre.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.