Âncora da CNN deixa função para cuidar dos filhos: ‘Preciso ser presente’


“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele”, diz a passagem bíblica localizada no livro de Provérbios 22:6. Essa lição, para a apresentadora Christi Paul, da rede Cable News Network, mais conhecida como CNN, deve ser levada à risca, o que significa estar “totalmente presente” na vida dos seus filhos.

Cristã, Christi Paul falou sobre o assunto durante uma entrevista, onde explicou o motivo pelo qual resolveu abandonar seu emprego. Ela atuava como âncora na CNN, contudo, a pandemia lhe fez entender que o cuidado da família deve ser a sua maior prioridade, e não o trabalho.

“Eu amo esse lugar e sou muito grata, mas estou tão cansada, tão exausta. Aos finais de semana, estamos aqui acordados entre 1h e 2h da madrugada, todos os sábados e domingos”, disse ela. “E eu simplesmente não tenho sido quem eu preciso ser para a minha família. Foi isso realmente o que aconteceu.”

Durante o seu trabalho no programa jornalístico New Day Weekend, o esposo de Christi Paul contraiu o novo coronavírus, chegando a ficar em estado grave. “Cheguei a pensar que criaria nossos filhos sozinha”, disse ela.

O susto que a âncora da CNN teve, fez com que ela refletisse sobre como gostaria de estar mais presente na vida da sua família. A presença, neste caso, não apenas do ponto de vista teórico e judicial, mas literal, no dia-a-dia dos seus parentes, compartilhando vivências que, de outro modo, seria impossível à distância.

“Ninguém mais vai ser a mãe dos meus filhos. E ninguém mais será a esposa do meu marido, nem a filha dos meus pais. Eu preciso estar totalmente presente”, disse a âncora, aos prantos. Agora fora da TV, Christi Paul diz estar se sentindo mais realizada, não apenas como mãe, mas como pessoa. Confira (em inglês):

Assine o Canal





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.