‘Fui transferida das trevas para luz’


Para muitas pessoas, a bruxaria é algo existente apenas em filmes de terror e nas lendas medievais. Contudo, a prática ocultista das trevas é uma realidade para quem já a vivenciou, como a ex-bruxa Sarah Anne Sumpolec, que testemunhou a sua libertação através de Jesus Cristo.

Como muitos jovens, Sarah nasceu em uma família desestruturada, e na adolescência buscou se aproximar do seu pai, que já manifestava interesse pelo ocultismo. Foi ele, por exemplo, que lhe presenteou com um livro da Nova Era.

Querendo agradar seu pai e sem qualquer conhecimento acerca do mundo espiritual a partir da doutrina cristã, Sarah mergulhou no livro e passou a se interessar profundamente pela bruxaria.

“Eu realmente senti como se tivesse aberto essa chave de algo que eu deveria fazer, e a identidade é enorme, especialmente quando você é adolescente. Eu tinha um altar inteiro montado no meu quarto”, disse ela ao podcast The Playing With Fire.

Cada vez mais envolvida com a bruxaria, Sarah achava que estava indo bem ao praticar a “magia branca”. Ela havia se tornado uma bruxa, mas o seu coração não estava em paz, especialmente quando passou a ver a vida do seu pai deteriorando a tal ponto que ele, drogado, chegou a lhe apontar uma arma por engano.

“Tudo na feitiçaria é uma verdade de Deus pervertida. Satanás não tem nenhuma ideia nova; ele pega a verdade e a distorce”, disse ela. “Foi o momento mais terrível da minha vida. Ele tinha três armas com ele na época, e minha mãe saiu com minha irmã mais nova para levá-la a algum lugar mais seguro, mas me deixou lá [na casa]”.

Transformação

A ficha do quão destrutiva é a bruxaria caiu na mente de Sarah. Mas, ainda nas trevas, ela não sabia o que fazer, foi quando pensamentos suicidas começaram a tomar conta. Certo dia, ela resolveu tirar a própria vida se intoxicando dentro do próprio carro.

“Eu saí um dia e pensei: ‘Eu não vou voltar. Eu vou confiar nos espíritos e fazer isso’”, disse ela. Felizmente, Deus já estava intervindo na vida de Sara, a fim de lhe resgatar das trevas. Ela percebeu isso ao acordar fora do seu veículo, ainda com vida.

“Acho que fui resgatada. Não me lembro de ter parado meu carro. Não me lembro de sair do meu carro. Eu literalmente acordei no chão ao lado de uma árvore. Então, acredito plenamente que um anjo me tirou daquele carro”, disse ela.

A transformação total de Sarah ocorreu quando ela foi para a universidade. Lá, conheceu amigos cristãos que lhe convidaram para um culto. Na cerimônia, ela ouviu sobre a luta do profeta Elias contra os feiticeiros de Baal, e isso lhe tocou profundamente.

“Eu estava procurando a verdade e acreditava plenamente que havia encontrado na feitiçaria. Então, quando eu ouvi aquele sermão, eu percebi que talvez essa fosse a verdade que sempre procurei”, disse ela.

Atualmente Sarah é uma cristã fiel, ex-bruxa. O seu pai ficou insatisfeito com a sua transformação, mas a sua decisão se manteve firme e por isso ela agora testemunha a sua libertação das trevas.

“Eu deveria estar morta. Eu realmente fui transferida do reino das trevas para o Reino da luz”, conclui ela, segundo o FaithWire.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.