Sequestrado, adolescente vive terror até ouvir a voz de Deus no cativeiro


Quanto vale uma noite de balada? Para o adolescente Gary Bethea, isto quase lhe custou a vida! Ele veio a público contar seu testemunho de como Deus o resgatou das trevas e o trouxe para a luz, após ter sido sequestrado e espancado por horas.

Para Gary Bethea, ele teria apenas uma noite tranquila ao pegar o carro da sua irmã e ir atrás de algumas garotas, em mais um encontro casual. Ele estava acompanhado de um amigo, quando viu algumas jovens supostamente de bobeira.

“Elas estavam flertando conosco. Eu não sabia onde isso ia dar naquela noite, mas eu sabia que havia uma boa chance, você sabe, de ter uma garota para nós. Esse era o meu objetivo”, contou Gary durante entrevista ao The 700 Club.

Na época adolescente, o que Gary não havia imaginado é que ele estava se metendo numa cilada. As garotas levaram ele e seu amigo para uma casa, onde supostamente estaria ocorrendo uma festa.

“Quando entro, vejo meu amigo sentado no sofá. Ouço a porta se fechar atrás de mim e sinto algo tocar minha cabeça. Então, eu inicialmente me viro para ver o que é. E é aí que vejo a espingarda”, disse ele.

Tortura e sequestro

Os criminosos roubaram tudo o que o adolescente e seu amigo tinham, mas queriam mais. “Nós éramos adolescentes, então não tínhamos dinheiro. Então, eles apenas começaram a socar. Apenas revezando me socando na cara”, contou Gary.

A sessão de tortura durou por horas, com Gary sendo agredido brutalmente. Sangrando e com os olhos quase fechando devido aos inchaços, ele acabou sendo levado para o porta-malas do próprio carro.

“Comecei a perceber que talvez eu não iria sair dessa vivo”, disse o adolescente. Ciente de que havia sido sequestrado e poderia ser morto a qualquer momento, Gary passou a reconhecer os seus pecados e a clamar a Deus.

“Orei para pedir a Deus que me perdoasse por seguir as garotas. Orei para que, se Ele me desse mais tempo, eu não o decepcionaria”, relatou. Foi nesse instante que o Senhor começou a falar com o adolescente, audivelmente.

“‘Eu ainda te amo. Isso não é algo que me fará não te amar’”, disse Deus aos ouvidos do jovem. Nessa hora, a paz tomou conta do coração de Gary, ele “apagou” e só foi acordar depois que os criminosos lhe retiraram do porta-malas para abandoná-lo no meio da estrada, junto com o amigo.

Desde o episódio ocorrido há duas décadas, Gary, hoje casado e com filhos, passou a dedicar a sua vida a Cristo, sendo grato a Deus pelo grande livramento. “Sair dessa situação foi definitivamente um ato de Deus”, disse ele.

“E eu sinto que desde aquele momento, eu tenho estado ciente dele em minha vida, como Ele simplesmente abriu tantas portas. Ele me abençoou com uma linda família”, concluiu, segundo a CBN News.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.