Pastor Malafaia expõe polêmicas de Pablo Marçal: “Você é bandido”


O pastor Silas Malafaia, líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, veio a público para rebater ataques feitos contra ele pelo polêmico “coach messiânico” Pablo Marçal, que recentemente colocou 32 pessoas em risco de vida durante uma subida no Pico dos Marins, em São Paulo.

Segundo Malafaia, o conflito com Marçal começou quando ele anunciou que gostaria de debater o tipo de teologia pregada pelo coach, o que teria desagradado o influenciador que é visto por seus seguidores, também, como líder espiritual.

Marçal, ainda segundo Malafaia, teria procurado o pastor para conversar sobre o assunto, buscando evitar a exposição teológica, mas sem sucesso. Com isso, o coach messiânico fez críticas em tom de ameaça contra o líder da Vitória em Cristo.

Em uma gravação divulgada nas redes sociais, também replicada por Malafaia, Marçal aparece ameaçando revelar um suposto envolvimento do pastor assembleiano com a Maçonaria, assim como algo que ele teria feito contra a própria esposa.

“Ousa falar do meu nome de novo, Silas. Vou falar para o Brasil inteiro, para todos os pastores saberem o porque sua esposa só fazia tratamento nos Estados Unidos, por uma coisinha que você andou fazendo contra ela”, disparou Marçal.

“Bandido e cretino”

O pastor Malafaia, por sua vez, negou as insinuações do coach messiânico, explicando que nunca teve envolvimento com a Maçonaria, mas que foi vítima da manipulação de uma imagem divulgada há anos.

O pastor da Assembleia também disse que a sua esposa nunca fez tratamento nos Estados Unidos, classificando as insinuações de Pablo Marçal como calúnias passíveis de ação criminal.

“Você é bandido, você é inescrupuloso. Você manipula vídeos meus de uma hora de mensagem para tirar pedacinhos para tentar me incriminar. Coisa de covarde, que os esquerdopatas fizeram”, disparou Malafaia.

“Eu fui caluniado, difamado, por um mau-caráter, mentiroso, manipulador, megalomaníaco, que tem sintomas de doença mental grave”, afirmou o pastor em outro momento, chamando Marçal de “psicopata”.

“Manipulador da fé”

Silas Malafaia também expôs um vídeo onde o coach messiânico Pablo Marçal aparece tentando curar uma mulher, buscando fazê-la andar, mas sem sucesso. Para o pastor, o influenciador não passa de um “manipulador da fé” que precisa de “tratamento psicológico”.

“Você pode terminar louco”, disse Malafaia ao concluir o seu vídeo em resposta a Marçal. “Com a questão do seu mau-caráter, só o poder do evangelho para transformar”, completou o pastor.

Pablo Marçal, que anunciou a sua pretensão de disputar a Presidência da República este ano, também atacou o presidente Jair Bolsonaro, alegando que o chefe do Executivo seria um intolerante e “desequilibrado”, assim como Malafaia, informou o Opção.

“Você hoje é o principal conselheiro do presidente da república. É por isso que este país está essa intolerância. Você não tem tolerância com os outros. Você não tolera nada. Você acha que todo mundo tem que o que você quer. Por isso que o presidente é desequilibrado igual a você”, disse Marçal em vídeo dirigido a Malafaia.

Assista abaixo a resposta completa do pastor da Assembleia Vitória em Cristo, divulgado na sexta-feira passada (27), e na sequência a gravação em que Pablo Marçal fala contra Malafaia:

Assine o Canal

Assine o Canal





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.