Filmes e séries voltados à família lançados por criadores de ‘The Chosen’


O Angel Studios, responsável pela produção da série bíblica de sucesso The Chosen anunciou que fará um investimento de mais de US$ 100 milhões em novos filmes e séries originais voltados à família.

O anúncio aconteceu durante um evento de investidores na semana passada, e o Angel Studios afirmou que quer produzir histórias que “amplifiquem a luz” em um mundo cheio de escuridão.

O setor de produções de entretenimento focados na família, com influência cristã, vem crescendo nos Estados Unidos. Em 2020, a gigante Sony Pictures comprou o serviço de streaming Pureflix, de olho no crescimento da plataforma focada no público cristão que havia sido lançada em 2015.

O diretor executivo do Angel Studios, Neal Harmon, disse durante o evento que mais de uma dúzia de novos projetos familiares estão nos planos, incluindo a terceira temporada da série The Chosen, um novo projeto sobre a fundação da América e vários novos títulos para crianças.

Todos esses projetos, disse ele, serão “amplamente leves”, adequados para a família e focados em contar histórias “verdadeiras, honestas, nobres, justas, autênticas, amáveis, admiráveis, excelentes e dignas de elogios”, conforme o versículo de Filipenses 4:8.

O Angel Studios foi fundado como uma alternativa às produções progressistas de Hollywood. Os projetos que deverão ser lançados gradualmente nos próximos anos serão financiados por meio de financiamento coletivo e empresas de capital de risco.

Segundo Harmon, mais de 50 mil pessoas investiram em projetos da Angel Studios nos últimos anos: “Estamos entusiasmados com o calibre do conteúdo que os investidores da Angel Studios selecionaram para financiamento coletivo este ano, validando nossa tese de que a multidão tomará decisões melhores do que alguns executivos”, disse ele.

De acordo com informações do Christian Headlines, uma dúzia de títulos, entre filmes e séries, foram anunciados pela empresa, que recentemente sobreviveu a um processo da Disney:

The Chosen, terceira temporada, que deve ser lançada no final de 2022;
Luso, uma série sobre a fundação dos EUA, dirigida por David Henrie;
Tuttle Twins, segunda temporada, que está em pré-produção;
Dry Bar Comedy, décima temporada, que está sendo filmada atualmente;
The Wingfeather Saga, primeira temporada, que deve ser lançada em dezembro;
The Riot and the Dance, segunda temporada, que está programada para ser lançada no final do verão/início do outono no hemisfério norte;
Jungle Beat (cinco temporadas), que será lançada este ano;
David, um longa-metragem de animação sobre o rei Davi, que está em pré-produção;
Pharma, um projeto baseado na história real da Dra. Frances Kelsey;
The German King, um projeto baseado na história real de Rudolf Duala Manga Bell;
Truth and Conviction, uma série sobre resistências adolescentes na Alemanha nazista;
Testament, uma releitura do livro de Atos, ambientado nos dias modernos.

Esse pacote de lançamentos, com investimento robusto, é um sinal de que há demanda para conteúdos edificantes, afirmou o executivo: “A Angel passou da beira da falência para US$ 123 milhões em receita em um ano. Esse sucesso é alimentado pela popularidade global de programas financiados por 50 mil investidores anjo, pessoas comuns que se uniram para fazer a mídia que querem ver no mundo”.

Assine o Canal





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.