Vândalo invade e depreda templo da Assembleia de Deus com picareta


Um tempo da Assembleia de Deus foi invadido na madrugada da última terça-feira, 17 de maio, por um vândalo que usou uma picareta para depredar portas, janelas e outras áreas das dependências.

A perseguição religiosa aos cristãos é vista por muitos fiéis no Brasil como uma realidade distante, comum apenas a servos de Deus que vivem em países de maioria muçulmana ou em nações governadas por ideologias avessas à Bíblia Sagrada, como Coreia do Norte e China.

No entanto, a realidade vem mostrando uma frequência crescente de depredações a templos evangélicos, ou mesmo tentativas de intimidações como a protagonizada por uma dupla de homossexuais que acusou uma igreja no Sergipe de praticar homofobia por rejeitar o batismo nas águas de um deles.

O caso da Igreja Assembleia de Deus em Tucano (BA) foi filmado por uma câmera de segurança instalada em um prédio em frente ao templo. Por volta de 0h42, um indivíduo encapuzado pulou o portão e invadiu a propriedade com uma picareta.

A ferramenta foi usada pelo vândalo para depredar as janelas de vidro temperado do templo, assim como a porta frontal, a principal entrada, deixando estilhaços espalhados e um alto prejuízo financeiro para a congregação.

A atitude, aparentemente intimidatória, não é inédita. De acordo com informações da TV Jornal, esta foi a segunda vez que o mesmo templo foi invadido e depredado. Imagens compartilhadas no YouTube mostram que o mesmo indivíduo já atacou outra igreja na cidade.

Os líderes da Igreja Assembleia de Deus em Tucano informaram que, diferentemente da primeira invasão, nenhum bem da congregação. Na ocasião anterior houve furto de equipamentos do templo.

Assine o Canal





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.