Ladrão é atropelado enquanto fugia após furto em igreja em São Paulo


Um homem que é acusado de ter roubado uma igreja no interior de São Paulo foi preso em flagrante após ser atropelado enquanto fugia da cena do crime.

O suspeito de furtar a casa paroquial de uma Igreja Católica na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) foi atropelado na noite de sábado, 07 de maio, enquanto fugia com três moletons e uma camisa que pertencem ao padre responsável pela paróquia.

Uma janela do imóvel foi arrombada pelo homem para que ele pudesse ter acesso aos bens. Após ele ser atropelado, foi preso em flagrante e levado à Santa Casa de Misericórdia do município, onde foi internado por conta de seu estado de saúde.

A Polícia Civil informou que o homem teve a prisão temporária decretada e está investigando o caso, já que o suspeito de atropelar o ladrão é o padre. Uma câmera de segurança flagrou o momento em que o carro da paróquia atinge o homem em fuga.

O padre agora está sendo acusado de fugir da cena do atropelamento sem prestar socorro. De acordo com informações do portal G1, até a manhã desta segunda-feira, 09 de maio, ele não havia sido encontrado para conceder entrevista a respeito da acusação contra ele.

A diocese de Ourinhos, que abrange a paróquia em Santa Cruz do Rio Pardo, afirmou que todos os fatos estão sendo apurados.

O padre Júlio Lancellotti, conhecido militante de esquerda e líder de um projeto social voltado a moradores de rua na capital paulista, criticou a atitude do religioso no interior de SP, dizendo que o ladrão seria um “dependente químico” e que “um crime não justifica o outro”.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.