Muçulmanos narram visão de homem de branco e se entregam a Jesus


O mês do Ramadã é considerado pelos muçulmanos como um período sagrado, em que se dedicam ao jejum e às preces buscando um “avanço espiritual”. E, em meio a esse contexto, alguns seguidores de Maomé têm relatado experiências sobrenaturais com Jesus.

Um ministério cristão que se dedica a evangelizar muçulmanos colheu testemunhos de cristãos novos convertidos que tiveram experiências sobrenaturais enquanto se dedicavam às preces para a chamada “noite do destino”, que em 2022 caiu na última quinta-feira, 28 de abril.

O Uncharted Ministries ouviu de um ex-muçulmano identificado apenas como Husein que antes de sua experiência sobrenatural ele era um anticristão radical e devoto intenso ao islamismo.

Outros ouvidos pelo Uncharted Ministries contaram terem vivido encontros sobrenaturais com Jesus durante o Ramadã, de acordo com informações da emissora Christian Broadcasting Network (CBN News).

No caso de Husein, essa experiência ocorreu anos atrás durante a semana da Páscoa, que ocorre em período coincidente com o Ramadã. Certo dia ele estava assistindo televisão quando viu um pregador cristão falando tudo sobre Jesus, e não conseguia tirar os olhos da transmissão.

Enquanto ouvia a mensagem, vivenciou algo sobrenatural: “De repente, o Espírito Santo caiu sobre mim! Olhei para cima e Jesus estava lá na minha frente. Eu era um muçulmano devoto, mas assim que o vi foi como ver um velho amigo que eu conhecia antes. Sabia que era Jesus. E eu sabia outra coisa: eu sabia que Ele era o Filho de Deus!”.

O volume de casos de ex-muçulmanos que entregaram suas vidas vem crescendo conforme os relatos em um site chamado ifoundthetruth.com, como o de um iraniano chamado Marziyeh do Irã, ou de mulheres identificadas como Aisha, Nadine, Afshin e Yasra.

“Ele não é um Deus louco e raivoso que me criou. Ele não é isso. Ele me criou com muito amor”, declarou Yasra.

Um dos líderes do Uncharted Ministries, Tom Doyle, comentou que durante esta temporada, os crentes de origem muçulmana estão orando não apenas pelos muçulmanos, mas para que os cristãos aprendam a compartilhar o Evangelho com eles.

Doyle entende que é importante que os cristãos intensifiquem as iniciativas de evangelismo durante o mês islâmico do Ramadã: “A última semana é a semana mais especial porque é a noite que os muçulmanos chamam de ‘Noite do Destino’ – a noite do poder onde eles simplesmente clamam a Deus”.

Na cultura islâmica, essa é uma data de grande importância: “Essa é a primeira noite do ano em que Jesus aparece aos muçulmanos em sonhos. Eles estão procurando por Deus, e Jesus atende a esse pedido – mas eles ficam chocados e surpresos quando um homem de túnica branca vem até eles e diz que os ama e morreu por eles na cruz”, resumiu Doyle.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.