PT processa pastores; ‘Vem perseguição contra a Igreja’, diz Malafaia


O Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu processar pastores ligados à CGADB, assim como o presidente Jair Bolsonaro (PL), e o pastor Silas Malafaia alertou que essa postura, às vésperas da eleição, indica que caso a esquerda seja vitoriosa nas eleições, haverá retaliação e perseguição contra os evangélicos.

A participação do presidente Jair Bolsonaro no culto da CGADB em Cuiabá (MT) motivou o PT a processar pastores ligados à entidade, assim como o próprio chefe do Executivo, por suposta “propaganda eleitoral”.

Malafaia, que esteve presente no evento 45ª Assembleia Geral Ordinária (AGO), propôs uma reflexão à comunidade evangélica sobre indícios de perseguição religiosa que o PT pode impor aos cristãos caso vença as próximas eleições.

“Se o povo evangélico dessa nação possui discernimento espiritual como está escrito na Palavra de Deus em I Coríntios 2:14, vai entender os sinais e alertas de Deus. É para os evangélicos jamais votarem no PT! O absurdo dos absurdos: o PT processa dois pastores por propaganda eleitoral fora de época e contrata um dos advogados mais caros do país”, introduziu.

O advogado em questão é Cristiano Zanin Martins, que defendeu Lula na Operação Lava-Jato, e agora está processando “o pastor José Wellington Costa Junior, que preside a maior organização evangélica do país, a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil [CGADB], que congrega mais de 100 mil pastores e representa quase 50% das igrejas evangélicas dessa nação”.

Na mesma ação o PT incluiu, além do presidente Bolsonaro, “o deputado Sóstenes Cavalcante, presidente da Frente Parlamentar Evangélica, que é membro da nossa igreja [ADVEC]”, acrescentou Malafaia.

Perseguição

O líder da ADVEC pontuou que a postura oportunista do PT indica não apenas desprezo pelos evangélicos, mas também disposição à perseguição religiosa: “Vocês já viram alguém processar Lula, um prefeito ou governador do PT porque foi num culto evangélico e recebeu oração e falou? Se foram processados? Claro que não!”.

“Para azar deles eu estava acompanhando o presidente nesse culto em Cuiabá, tinha aproximadamente 15 mil pessoas, e o presidente não chega no culto só para falar. Ele fica no culto o tempo todo. E eu ouvi, quero destacar aqui, uma das mensagens mais extraordinárias sobre avivamento do pastor Elias Torralbo. Tanto é que eu fico de pé quando ele acaba a mensagem e o cumprimento”, contextualizou.

Resgatando a história recente do país, e o cenário atual, Malafaia opinou que dar um voto ao PT é incompatível com os valores cristãos: “Os governos Lula e Dilma foram os governos mais corruptos da história política do Brasil, e um dos mais corruptos do mundo. Se os verdadeiros cristãos creem que a Bíblia é a Palavra de Deus, e no que está escrito em Êxodo 20:15, I Coríntios 6:9, e uma infinidade de textos da Bíblia, jamais vota no PT”.

“Imagine se o PT ganhar essas eleições a perseguição que vem em cima de pastores e da igreja evangélica. Em nome de Jesus, Deus nos livre desses governos que foram os mais corruptos da nossa história”, finalizou.

Assine o Canal





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.