‘Vote certo não só para presidente, mas em quem aprova as leis’


O pastor e cantor André Valadão apareceu ao lado da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) em um vídeo divulgado nas redes sociais no último domingo (27). A parlamentar afirmou que se sentiu profundamente tocada pela pregação do líder religioso, declarando que pela primeira vez ouviu “Jesus falando” com ela.

Na ocasião, o líder da Lagoinha Orlando Church, uma filial da Igreja Batista da Lagoinha situada em Orlando, nos Estados Unidos, falou para os seguidores sobre a importância das eleições este ano no Brasil.

O pastor disse que o posicionamento dos cristãos diante do atual contexto político do país é algo fundamental para o futuro da nação, destacando que isso deve ser feito através do voto, não apenas para a eleição do presidente da República, como também dos deputados e senadores dos respectivos estados.

“Posicione-se. Não é sobre quem luta, é sobre o que você acredita. É preciso entender que este é um ano de posicionamento. Vote certo não só para presidente, mas em quem decide quais leis serão aprovadas”, afirmou o pastor.

Para André Valadão, os cristãos devem eleger políticos comprometidos com a cosmovisão cristã. “Você precisa colocar pessoas na Casa onde essas leis corruptas, essas leis que vão contra os princípios cristão, princípios divinos, não sejam aprovadas”, disse ele.

Acusado de “homofobia”

Por defender “princípios cristãos”, o pastor André Valadão chegou a ser acusado de “homofobia” em outubro de 2020, após uma representação da Associação Brasileira de Mulheres Lésbicas, Bisexuais, Travestis e Transexuais (ABMLBT), e do Grupo de Advogados pela Diversidade Sexual e de Gênero (GADvS) junto ao Ministério Público Federal (MPF).

Isso ocorreu pelo simples fato do líder religioso responder uma pergunta através das redes sociais, sobre o que ele faria se soubesse de duas pessoas que estariam tendo um relacionamento homossexual em sua igreja. No caso, ‘dois rapazes namorando’.

“Eles podem ir para um clube gay ou coisa assim, mas na igreja não dá. Esta prática não condiz com a vida da igreja. Tem muitos lugares que gays podem viver sem qualquer forma de constrangimento, mas na igreja é um lugar para quem quer viver princípios bíblicos”, respondeu Valadão na época.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.