Esposa de André Valadão fala em proibir meninas com “barriga de fora”


O uso de certas vestimentas em celebrações religiosas já foi alvo de muito debate no meio cristão evangélico, e apesar do assunto ter perdido espaço nos últimos anos devido a maior flexibilização por parte das denominações, ele ainda preocupa muita gente. Cassi Valadão, esposa do pastor e cantor André Valadão, é uma dessas pessoas.

Cassi utilizou as suas redes sociais para se pronunciar sobre o tema, revelando preocupação com a forma como algumas adolescentes se vestem para ir aos cultos dos jovens em sua igreja. Para ela, o uso de roupas que expõe partes mais íntimas do corpo, como a barriga, deve ser proibido.

“Não sou pastora não, mas vou proibir essas meninas de entrar de barriga de fora nos cultos dos adolescentes. Vou fazer um protesto e proibir de entrar de barriga de fora”, disse ela nas redes sociais.

Para Cassi, o fato de algumas roupas sensualizarem o corpo das jovens também acaba despertando pensamentos de cunho sexual nos rapazes que participam dos cultos, o que seria impróprio do ponto de vista religioso.

“Os meninos de 13 e 14 anos muitas vezes não estão pensando em nada e as meninas ficam despertando os meninos”, disse ela, sem entrar em maiores detalhes, mas deixando a compreensão nas entrelinhas. “Mães, não deixem suas filhas saírem de casa assim. Isso é muito sério”, continuou.

Por fim, Cassi Valadão também fez um alerta sobre a vestimenta adequada para crianças, apontando preocupação com a possiblidade de que o tipo de roupa em menores também possa facilitar a ação criminosa de pedófilos, inclusive nas igrejas.

“Gente, tem pedófilos em todas as partes, eles são aqueles que a gente menos imagina. Você acha que na igreja não tem? Tem na igreja, tem na praia, tem na academia. Você está lá, bonitona, mostrando seu corpo demais e vai despertar nos pedófilos”, disse ela. Assista a fala completa de Cassi, abaixo:





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.