pastor Marco Feliciano enaltece ‘sabedoria e visão’


Morreu em Richmmond o filósofo, escritor e professor Olavo de Carvalho, aos 74 anos. Nas redes sociais, o pastor Marco Feliciano (PL-SP) lamentou a morte de seu principal influenciador no pensamento político.

Olavo Luiz Pimentel de Carvalho, 74 anos, morreu em um hospital na região de Richmond, Virgínia (EUA), onde estava internado. A causa da morte não foi informada pela família, mas no dia 16 de janeiro, ele havia comunicado ter sido infectado pelo novo coronavírus.

Ao longo de 2021, sofrendo com problemas de saúde, ele passou por um período longo de internação no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas, em São Paulo, após sofrer um mal súbito durante uma viagem de avião.

No Twitter, o pastor Marco Feliciano lamentou a morte do professor Olavo de Carvalho e enalteceu seu legado intelectual e contribuições para o conservadorismo no Brasil: “Poucas pessoas me influenciaram tanto politicamente como o Olavo – sua sabedoria, coragem e visão permanecerão vivas entre nós através dos seus livros. Que Deus conforte a família. Meus mais sinceros sentimentos”.

Em uma publicação de 21 de abril de 2019, o professor enalteceu a atuação dos evangélicos no Brasil: “Tenho mil objeções filosóficas, teológicas e históricas ao protestantismo, mas devo reconhecer uma coisa: o clero católico nacional se rendeu tão completamente à ‘teologia da libertação’ que, sem o trabalho das igrejas evangélicas, o sentimento cristão já teria desaparecido do Brasil. Obrigado, irmãozinhos. Orarei sempre para que Deus atenda suas preces”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), também se manifestou nas redes sociais: Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do nosso país, o filósofo e professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho. Olavo foi um gigante na luta pela liberdade e um farol para milhões de brasileiros. Seu exemplo e seus ensinamentos nos marcarão para sempre. Que Deus o receba na sua infinita bondade e misericórdia, bem como conforte sua família”.

Legado

O Gospel+ ouviu o sociólogo cristão Thiago Cortês a respeito da relevância da obra intelectual de Olavo de Carvalho e suas contribuições para o debate em torno de pautas conservadoras, comuns a católicos e evangélicos.

Cortês aponta que as pessoas que tomaram contato com o professor através das redes sociais não vislumbraram a essência de suas reflexões: “Olavo de Carvalho era um polemista nas redes sociais, mas sua obra escrita revela um pensador profundo e dedicado à vida intelectual antes de tudo”.

“A obra de Olavo é conhecida por estudiosos de geopolítica no mundo todo, e Olavo chegou a debater com pensadores mais importantes do tempo atual, como Alexandre Dugin”, ponderou.

Embora o professor tenha ficado “rotulado como guru do presidente e dos conservadores desta geração”, Thiago Cortês entende que este nem de longe é o seu maior legado: “A sua maior contribuição foi a defesa intelectual e elegante da fé cristã que despertou em milhares de pessoas o desejo de retomar a vida em Cristo”.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.