Filho de pastor aceita a Jesus antes de entubação e é curado


Um homem do grupo de risco da covid-19, filho de pastor, expressou seu desejo de entregar a vida a Jesus antes de ser entubado, pois sabia do alto risco de morte por conta das complicações da doença. No entanto, ele conseguiu escapar e agradece a Deus por sua vida.

Elias Vasquez, treinador de beisebol em categorias de base na cidade de Robstown, Texas (EUA), foi diagnosticado com covid-19 e internado. Como seu quadro de saúde piorou, ele precisou ser entubado, para que os aparelhos fizessem melhor oxigenação de seus pulmões.

Antes do procedimento, porém, ele conversou com seu pai, pastor, para ler uma passagem bíblica muito específica para ele: “Lembro-me de pedir ao meu pai para recitar João 3:16 para mim. Eu cresci na igreja, tive uma base cristã, mas sei que às vezes vivemos vidas diferentes e eu só queria confessar com minha boca pela última vez que Jesus é meu Salvador”.

A revelação do treinador Elias Vasquez foi feita numa entrevista à emissora KRIS 6 News. Ele contou que após a entubação, ficou quase um mês em coma, e as pessoas à sua volta temiam que ele não conseguisse superar aquele cenário.

“Agradeço a Deus todos os dias por me dar uma segunda chance e salvar minha vida. Foi nada menos que um milagre”, disse ele. “Disseram-me que apenas 2% das pessoas que passaram pelo que passei sobreviveram à traqueostomia e ao ventilador”, acrescentou.

“Fiquei em coma por 29 dias e isso foi bastante assustador, mas Deus é grande e faz milagres o tempo todo. Eu sou um milagre ambulante”, testemunhou o treinador, que perdeu toda a última temporada de beisebol, mas está pronto para a próxima.

Com a saúde muito melhor, o treinador enxerga nessa oportunidade um recomeço: “Minha perspectiva de vida mudou”, disse Vasquez enquanto descansava no banco.

”Eu amo meus jogadores, eles são como filhos que eu nunca tive. Vou tratar todos os meus times dessa maneira. Digo a eles que valorizem a vida e que não temos outro dia garantido. Precisamos lembrar que a cada dia Deus nos dá uma bênção e precisamos viver a vida como se não estivéssemos aqui amanhã”, refletiu.

Por fim, Vasquez deixou clara sua criação como filho de pastor e externou sua gratidão a todas as pessoas que oraram a Deus para que ele melhorasse e saísse da internação: “A oração é incrivelmente poderosa. Essas orações ajudaram a salvar minha vida”.

Ao final da entrevista, ele foi questionado se irá se estressar durante os jogos da próxima temporada, e a resposta surpreendeu: “Sim, isso é um grande problema. Estou feliz que você tenha mencionado isso. Vou tentar me controlar mais e ser menos animado e espero ficar muito mais calmo e entender que é bom estar aqui”, finalizou o treinador Elias Vasquez.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.