2 homens são presos por tentativa de assassinato de jovem missionário


Um adolescente foi preso pela tentativa de assassinato de um missionário em uma igreja no estado do Alabama (EUA), enquanto outro homem foi preso por supostamente dificultar a investigação.

O Gabinete do Xerife do Condado de Jefferson anunciou que os policiais prenderam Courtney Lee Knight, de 18 anos, acusando-o de tentativa de assassinato do jovem missionário mórmon de 18 anos, Michael Fauber.

Courtney foi colocado na prisão do condado de Jefferson em Birmingham com uma fiança de US$ 60 mil depois de ser detido após coordenação entre a Divisão Criminal do condado e o Metro Area Crime Center.

As autoridades também prenderam Cornelius Omar-James Knight, de 22 anos, acusando-o de dificultar o processo durante a investigação. Ele também está detido na Cadeia do Condado de Jefferson com uma fiança de US$ 15 mil.

“Nossos detetives trabalharam incansavelmente para desenvolver as informações do que inicialmente parecia ser uma agulha em um palheiro”, dizia a nota oficial do gabinete do Xerife.

“Por meio de esforços colaborativos com o forças federais, a comunidade e outras agências de aplicação da lei, eles puderam resolver este ataque injustificado a uma pessoa inocente”, acrescentou.

Morador de Dayton, Ohio, Michael Fauber estava em um ginásio de propriedade da Igreja dos Santos dos Últimos Dias no dia 3 de dezembro quando Courtney entrou nas instalações, jogou algumas partidas de basquete e, em seguida, supostamente atirou no jovem missionário várias vezes.

“Esta foi a primeira vez que eles o viram neste local”, disse o subchefe David Agee, observando que ninguém havia visto o agressor antes.

Fauber ficou gravemente ferido e transportado para o Hospital UAB em Birmingham, onde foi submetido a uma cirurgia e está em estado estável, de acordo com informações do The Christian Post.

“Outros missionários no prédio não foram fisicamente feridos, mas estão recebendo aconselhamento. A Igreja está cooperando com a aplicação da lei e aguarda detalhes adicionais dos investigadores”, disse a Igreja Mórmon em um comunicado. “Nossas orações são com este missionário, sua família e todos os missionários e outras pessoas impactadas por este ato de violência sem sentido”.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.