Simone sobre parte dos evangélicos: ‘Gostam do dedo apontado’


Simone Mendes, cantora sertaneja da dupla com Simaria, se queixou das críticas que sofre dos evangélicos nas redes sociais, afirmando que muitos interagem com ela apenas para apontar defeitos.

A artista costuma falar de sua fé cristã quando tem oportunidade, e participou recentemente de uma edição do podcast Transformados, veiculado no canal de Alex Monteiro, no YouTube.

Em 2018, Simone tirou um período de afastamento das redes sociais para se dedicar a um devocional. Na ocasião, ela pediu orações aos seus seguidores e recebeu muitas manifestações de apoio.

Agora, se queixou de críticas sofridas após sua presença, ao lado do marido, Kaká Diniz, por conta da visita que o casal fez a um evento evangélico: “Muitas pessoas, vamos dizer assim, de 100% das pessoas, 99 elogiando a nós como casal, filhos de Deus. Mas também tinha aquele 1%, uns 3 ou 4, que fizeram comentários dolorosos”.

“Fiz questão de entrar na página dessas pessoas. E eu vi que eles tinham algumas falhas que não poderiam me apontar. Para me apontar, teria que ser Jesus, que é perfeito”, desabafou a cantora.

Outro atrito surgiu de uma mágoa que ela guardou por conta de comentários feitos nas redes sociais à época do acidente que ceifou a vida da colega de palco: “Depois que a pessoa morre, tem compaixão. Por que? Só quando morre vem o amor? Por que em vida não oram, não dão a mão? Eles fazem diferente, gostam do dedo apontado”, finalizou.

Assine o Canal





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.