Lula diz que assistiu cultos, e Nikolas Ferreira expõe intenções


A intensificação das tentativas de reaproximação com evangélicos por parte de Lula (PT) visando as eleições de 2022 foi comentada pelo vereador de Belo Horizonte, Nikolas Ferreira (PRTB-MG).

Lula participou de um encontro virtual com evangélicos simpatizantes ao PT e declarou que assistiu cultos evangélicos na TV quando esteve preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), e que considera a fé um valor sagrado.

“A religião pode ser feita com muita verdade e ninguém precisa utilizar da boa-fé dos outros, porque a fé é uma coisa sagrada. Tenho fé em Deus que a gente pode consertar esse país, podemos fazer a economia voltar a crescer, voltar a gerar emprego formal, cuidar do meio ambiente. Não podemos perder a fé do povo”, disse Lula, segundo informações do Radar, da revista Veja.

Há pouco tempo, o ex-presidente não conseguiu esconder o rancor que tem dos evangélicos. Numa entrevista concedida enquanto esteve na cadeia, em abril de 2019, Lula fez críticas ao STF e no mesmo contexto, afirmou que evangélicos são “preconceituosos”.

“Essa Corte votou, por exemplo, célula-tronco, contra boa parte da Igreja Católica. Votou a questão da reserva Raposa Serra do Sol contra os poderosos do arroz no Estado de Roraima. Essa mesma Corte votou união civil contra todo o preconceito evangélico, cotas para que os negros pudessem entrar [na universidade]”, disse Lula na entrevista concedida aos jornais Folha de S. Paulo e El País.

Nikolas Ferreira

O jovem vereador belo-horizontino, que vem ocupando bastante espaço na mídia como defensor de valores conservadores, gravou um vídeo nas redes sociais em que expõe as motivações de Lula para tentar uma aproximação do segmento evangélico da sociedade.

“Assistiu aos cultos, mas continuou petista? Não assistiu culto, não. Agora, falando sério, tem que ser muito idiota, inocente ou ignorante para achar que esse cara não quer se aproximar dos evangélicos somente por conta da eleição. Até mesmo porque ele anda com pessoas que são completamente opostas à fé cristã”, disse Nikolas Ferreira.

Em 2020, o Instituto DataFolha divulgou o relatório de uma pesquisa em que indica que 31% da população brasileira é evangélica. Uma curiosidade desse segmento é que 85% dos fiéis têm idade entre 16 e 59 anos, faixa etária em que a votação é obrigatória. Somente acima de 65 anos o voto se torna facultativo.

“[Lula] sabe que a última barreira para que, de fato, uma revolução cultural – e não uma revolução armada – seja feita de maneira completa no Brasil é a igreja evangélica. E esse vídeo é para os cristãos. Se você não é cristão, principalmente evangélico, ignore o que estou te falando. Agora, se você é cristão, é dever seu entender que isso daqui não diz nada a respeito do cristianismo. Pelo contrário: são pessoas que querem destruir a nossa fé”, acrescentou o vereador.

“Mas, fiquem tranquilos que a Bíblia já nos avisou: ‘Isso não é de admirar, pois o próprio satanás se disfarça de anjo de luz’ [II Coríntios 11:14]”, encerrou Nikolas Ferreira.





Gospel Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.